Navegando em meio a tempestade

Quando eu estava no último ano do ensino médio, meu professor de redação solicitou que fizéssemos um trabalho sobre o livro Cem Dias entre Céu e Mar do Amyr Klink.

Eu já tinha assistido uma palestra dele e gostado bastante, de forma que com um livro emprestado de um tio e, autografado pelo autor, fiz a leitura cuidadosa, afinal tinha um trabalho para entregar.


Impossível imaginar que, passados mais de 30 anos estaria eu e ele novamente compartilhando experiências, agora de forma profissional. Fala pretensiosa, cheia de vaidade, mas realmente me identifico com suas analogias oceânicas ao mercado financeiro. Falamos quase a mesma linguagem (novamente pretensioso!) entre sardinhas e tubarões desenvolvemos estratégias e soluções para enfrentamentos de nossas tempestades!


Voltando ao livro... Ele conta a história da primeira grande façanha concluída pelo economista Amyr Klink. Sozinho em um barco a remo saiu da Namíbia, na África e chegou na Bahia, Brasil. Um feito que exigiu muito planejamento, força de vontade e superação ao lidar com tubarões e tempestades. Se tornou o primeiro a atravessar o Atlântico Sul a remo! Inacreditável, mas na época não havia GPS ou telefone via satélite.


Amyr era formado em economia. Chegou a trabalhar em banco, mas não foi muito longe. Como navegador, escritor e palestrante alcançou seu auge, mesmo sendo tímido, mas daqueles que gostam bastante de falar.


Aprendi com Amyr que na navegação a remo não se consegue ir em linha reta por muito tempo. Por vezes, em fortes tempestades, o navegador perde o trabalho que teve em dias remando. Aprendi também que pode-se aproveitar tempestades que por sua característica circular, podem levar o barco em direção contrária, mas também podem trazê-lo com força de volta para a direção do seu destino.


Mesmo com várias habilidades, Amyr Klink alcançou sua meta apoiado por profissionais especialistas. Desde a construção de um barco personalizado do tipo "joão-bobo" até o cardápio adequado para meses no mar, Amyr sempre contou com profissionais dedicados que atuaram de forma primorosa para que ele alcançasse seu objetivo.


No mundo dos investimentos é assim. A economia é cíclica, intercalando bonança e tempestades, mercados de alta (touro) e baixa (urso). As tempestades nos mercados sempre trouxeram desafios (e também oportunidades). Uma carteira de investimentos deve ser feita com planejamento, de acordo com seu perfil e objetivos. Assim, na hora da tempestade você deve ter perseverança para retomar seu barco à rota quando necessário, rumo ao seu destino. Isso é o que torna sua carteira de investimentos resiliente.


O Assessor de Investimentos é o profissional especializado e focado em colaborar na montagem personalizada da sua carteira e atenção constante, para que seu barco chegue ao destino mesmo passando pelas adversidades, e quiça se aproveitando delas.


Como o barco de Amyr Klink desejo que sua carteira de investimentos tenha o balanceamento necessário, para mesmo com as ondas fortes, balance, mas sempre volte ao prumo.

58 visualizações

© 2017 - 2020 Oderson Investimentos

Todos os direitos reservados

Disclosure

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • SoundCloud